Conheça o inventário extrajudicial e a partilha

Após o falecimento de uma pessoa é fundamental realizar a apuração do seu patrimônio, tanto bens como dívidas, para que possa ser definido o destino do que foi deixado entre os herdeiros. Para isso é realizado o inventário, que pode ser feito extrajudicialmente em Cartório de Notas.

Os requisitos necessários são:

– Os herdeiros devem ser maiores e capazes

– Deve haver consenso

– Não pode existir testamento, a menos que esteja caduco ou revogado

– Obrigatória a presença de advogado

Se caso essas exigências não forem cumpridas, o inventário não poderá ser feito extrajudicialmente, porém, se caso tiver sido iniciado na justiça, mas cumpra esses requisitos, o inventário extrajudicial poderá ser solicitado e o judicial cancelado.

Após esse procedimento é possível dar início ao processo de partilha, para que os bens sejam repassados aos herdeiros. É importante ressaltar que as dívidas não são herdadas.