Mediação e Conciliação: Qual a diferença? Conflitos podem ser resolvidos em Cartório, conheça as diferenças

A mediação e a conciliação são maneiras um pouco distintas de resolver conflitos. Ambas têm como objetivo uma maneira mais pacífica de acordo. O código de Processo Civil (Lei n. 13.105/2015) reafirmou essa diferenciação no artigo 165.

A diferença entre as duas se dá pelo fato da conciliação envolver uma terceira pessoa, imparcial, mas que pode sugerir ideias para a situação e que busca ajudar na negociação e solução do conflito (art. 165, § 2º).

Já na mediação, a terceira pessoa é totalmente imparcial, tendo como objetivo facilitar o diálogo entre as partes sem se envolver de maneira direta, buscando que os próprios envolvidos encontrem soluções e consequentemente cheguem à conclusão do conflito (art. 165, § 3º). 

Muitas pessoas têm dúvidas entre a diferença dos dois atos que visam a solução de conflitos sem que as partes precisem acionar o Poder Judiciário, mas há outra característica que difere a mediação da conciliação – o tipo de conflito. Para casos mais objetivos e sem grande envolvimento entre as partes, é indicada a conciliação. Já para casos com grande envolvimento entre as partes é indicada a mediação.

Os serviços de mediação e conciliação podem ser feitos em Cartório Notas mediante autorização da Corregedoria local.